Código Urbano Contextualizado: um futuro para o projeto arquitetônico residencial multifamiliar na cidade do Rio de Janeiro

10 de Outubro de 2019
Bruno Luis de Carvalho da Costa

O "Código Urbano Contextualizado" é fruto de pesquisa desenvolvida por Bruno Luis de Carvalho da Costa, no Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com estágio doutoral no Department of Urban Studies and Planning na University of Sheffield (Inglaterra), sob orientação da profª. Rosângela Lunardelli Cavallazzi, e apoio financeiro da CAPES e do CNPq.

A pesquisa analisa as edificações residenciais multifamiliares na cidade do Rio de Janeiro, sob o olhar das normas edilícias urbanísticas e das práticas de projeto dos arquitetos, observando a produção de um ambiente construído que estabelece ou não relações físicas e espaciais com o seu entorno imediato (entendido como contexto urbano).

Parte-se da hipótese de que é possível elaborar um instrumento jurídico-urbanístico que permita uma interpretação flexível das suas demandas no sentido de promover projetos arquitetônicos e urbanos contextualizados, em que haja uma conexão entre a prática projetual, o lote, o edifício e a cidade.

O objetivo principal é ampliar o debate sobre o papel dos arquitetos e das normas jurídicas na produção de edificações residenciais multifamiliares e estabelecer novas bases para discussão sobre o futuro da produção de normas urbanas para a cidade do Rio de Janeiro através da proposição de uma nova forma de código urbano, baseado no que denominamos Urbanismo Contextualizado: o Código Urbano Contextualizado (CUC).

Adotando a microescala do lote como parâmetro, foram analisadas as principais normas urbanísticas cariocas desde o início do século XX sob a ótica da (des)valorização da contextualização das edificações e como elas foram traduzidas na produção de edificações residenciais multifamiliares e na morfologia urbana (através da análise de 36 empreendimentos e oito projetos arquitetônicos e urbanos na cidade). Foram analisados casos referência que contribuem para a promoção de projetos contextualizados e para a valorização do projeto de arquitetura com o intuito de colaborar para a construção do CUC.

Pode-se concluir que o CUC é relevante no sentido de ampliar as possibilidades de produção de edificações residenciais multifamiliares que promovam maior qualidade de vida urbana e que avancem no sentido do reconhecimento das pré–existências ambientais e construídas, da promoção de uma harmonização da morfologia urbana e da valorização do uso do espaço público. 

Acesse a publicação completa nesse link.

Vista aérea de um empreendimento residencial multifamiliar de acordo com o Código Urbano Contextualizado.

Planta baixa de um empreendimento residencial multifamiliar de acordo com o Código Urbano Contextualizado.

Vista aérea de um empreendimento residencial multifamiliar para o mesmo local, mas seguindo a legislação atual do Rio.

Planta baixa de um empreendimento residencial multifamiliar para o mesmo local, mas seguindo a legislação atual do Rio.

Compartilhe

Métopa Arquitetura e Planejamento

Rua Conde de Bonfim, 211 - sala 813
Tijuca - Rio de Janeiro/RJ - Brasil
Tel.: +55 (21) 2254-4842
2019 ® Todos os direitos reservados