Tempietto de Bramante e crucificação de São Pedro

/, Religioso/Tempietto de Bramante e crucificação de São Pedro

Tempietto de Bramante e crucificação de São Pedro

O claustro ao lado da Igreja de São Pedro, em Montorio, contem uma das mais belas criações arquitetônicas no mundo, o Tempietto de Bramante, provavelmente construído entre 1502 e 1507, com modificações posteriores como o acesso a cripta através de escada dupla, projetada por Bernini.

O Tempietto assinala o local onde se acreditava ser o mais sagrado de Roma: o local da crucificação de São Pedro. Diz-se que essa idéia tem origem numa curiosa interpretação da tradição de que são Pedro foi crucificado inter duas metas; essas eram altos marcos que marcavam cada extremidade de um circo clássico (nesse caso, o circo do Vaticano).

Esses marcos, em termos de forma, eram algo entre um obelisco e uma pirâmide muito alongada (bem menor e mais fina), semelhante à Pirâmide de Céstio. Por séculos, essa pirâmide foi conhecida como meta de Remus enquanto outra construção, próxima ao Vaticano, como meta de Romulo. Aparentemente foi calculado que o local de São Pedro em Montorio era equidistante entre essas duas metas, e, portanto, era a verdadeira inter duas metas da tradição. Diz-se que uma igreja muito mais antiga, dedicada a São Pedro, existiu no local.

A pureza das linhas e as harmoniosas proporções desse pequeno templo circular proporcionam um efeito grandioso, apesar das reduzidas dimensões. Enquadrado no arco sombrio do claustro, o qual faz parte atualmente da Academia Espanhola, o Tempietto brilha dourado sobre o azul do céu, como um precioso relicário colocado sobre um altar celeste.

2019-08-05T17:30:58+00:00 17 junho 2017|Categories: Museu, Religioso|

Sobre o Autor:

Arquiteto e Urbanista // Architect and Urbanist MSc em Engenharia Civil // MSc in Civil Engineering PhD em Urbanismo // PhD in Urbanism